Em Goiás, laboratórios têm conseguido atender demanda

Goianésia – O grande aumento na procura por testes de Covid-19 (RT-PCR), que vem sendo registrado desde meados de dezembro em todo o Brasil, já está provocando uma escassez de reagentes no mercado brasileiro e internacional. Grandes redes de laboratórios nacionais, que realizam o exame, anunciaram na terça-feira (11/1) a restrição no recebimento de amostras para adequá-lo à sua capacidade produtiva.

Em Goiás, no momento, os laboratórios têm conseguido atender a nova demanda, e o Sindilabs-GO (Sindicato dos Laboratórios de Análises e Bancos de Sangue no Estado de Goiás), vem monitorando a situação e trabalhando junto a Confederação Nacional de Saúde (CNSaúde) para evitar o desabastecimento.

A presidente do Sindilabs-GO, Christiane do Valle, alerta que o crescimento constante na procura pelos testes e a escassez de reagentes no mercado nacional e mundial podem aumentar o prazo de entrega dos resultados e até levar, futuramente, à suspensão temporária dos testes.